Boteco Móvel











Para aumentar o tamanho da fonte tecle ' Ctrl ' e ' + ' juntos






Acompanhe o Boteco Móvel por  email

Coloque o seu endereço de e-mail:

Delivered by FeedBurner







Uísque, whisky ou whiskey ?!







Uísque, whisky ou whiskey ?!





Para muitos puristas, uísque americano não é uísque. É simplesmente bourbon, qualificação carregada de preconceito. A discussão é longa, polêmica e não encontra consenso nem entre os especialistas.

Pela avaliação do inglês Jim Murray, renomado e insuspeito autor da Bíblia do Whisky, versão 2009. "Bourbon é whisky", afirma ele, logo na introdução da parte de seu livro dedicada aos destilados made in USA. "Ele é feito de grão e maturado em barril de carvalho. Então, não pode ser nada diferente de um whisky." Os americanos e irlandeses optaram por escrever whiskey para diferenciar sua bebida do whisky escocês.

Seja um tennessee whiskey ou um bourbon, qualquer uísque americano tem de seguir as rigorosas regras que a legislação do país estabeleceu na década de 60. São três as principais. Número 1: a receita deve ter, no mínimo, 51% de milho. Número 2: o líquido deve envelhecer no mínimo por dois anos em barril de carvalho. Número 3: é proibido colori-lo artificialmente.

Em média, os uísques americanos têm graduação alcoólica ao redor de 40% e ficam de três a quatro anos no barril de carvalho – o tempo de envelhecimento marca uma das principais diferenças entre o whiskey dos EUA e o whisky escocês. Na Escócia, atribuiu-se grande valor (não apenas monetário) ao tempo de barril. Nos EUA, não.

Destiladores americanos argumentam que a diferença decorre de um item previsto na legislação do país: as destilarias só podem utilizar o barril uma única vez. Depois de extrair seu conteúdo, têm de jogá-los fora. Claro que não fazem isso, revendem a produtores de uísque no exterior ou de outros destilados em outros países.

"Se o uísque fica tempo demais dentro de um barril novo, pega um gosto muito forte de carvalho", explica o diretor de destilação e meio ambiente da Maker’s Mark, Dennis Potter.


Fonte : Estadão.Com





Nenhum comentário:




Em Fevereiro de 2011 este site passou por uma reconstrução. Por este motivo muitos posts têm links internos quebrados. Eles serão consertados aos poucos.



Parceiros

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...