Boteco Móvel











Para aumentar o tamanho da fonte tecle ' Ctrl ' e ' + ' juntos






Acompanhe o Boteco Móvel por  email

Coloque o seu endereço de e-mail:

Delivered by FeedBurner







Como potencializar o poder afrodisíaco do vinho







Como potencializar o poder afrodisíaco do vinho





Existindo ou não, uma explicação lógica para a relação entre alguns alimentos e o poder de incrementar o desejo sexual, a verdade é que a cozinha afrodisíaca é cultivada em todos os lugares do mundo. E quando a culinária que excita os apetites carnais é associada ao vinho, tudo leva a crer que há uma potencialização do seu poder. As associações mais comuns e muito freqüentemente recomendadas como afrodisíacas são:

Ostras e vinhos brancos: A ostra é considerada a mais sensual das comidas. Sua textura e seus aromas remetem diretamente ao mar e a pensamentos sensuais. Há quem diga que o aumento do desejo causado pela ostra se dá pelo fato de ela ser o alimento com maior teor em zinco (150 mg/g), elemento fundamental pela potência masculina.A harmonização de ostras com vinhos brancos é perfeita. Notadamente com os Chablis, (vinhos franceses elaborados com uvas chardonnay,) aromaticamente muito potentes, cremosos, com grande volume e acidez. Também os de Sauvignon Blanc, neozelandeses, sul-africanos, chilenos, frescos e frutados, compatibilizam bem e estimulam a sensualidade.

Ervas aromáticas e vinhos tintos: O manjericão, a salsinha, o tomilho e o orégano, com seus aromas frescos e intensos, não apenas estimulam o desejo, mas, diz-se, aumentam a fertilidade. Já a mostarda estimula glândulas sexuais e aumenta o desejo.Pratos elaborados à base destes temperos, como carnes, aves e caças, harmonizam bem com vinhos das uvas Neroamaro, Aglianico, Primitivo di Mandúria e Corvina, que são quentes e fortes, e trazem aromas de terra e ervas e aumentam o clima de intimidade. Pestos e molhos de ervas também compatibilizam com vinhos das uvas Sangiovese, Nebiollo (italianas) e Carmenère (chilena).

Frutas e vinhos: Dentre as frutas, o figo, a groselha, as cerejas e os morango induzem a sensualidade e ao desejo, sendo descritas pelos gregos como “frutas mamilos”. Em pratos salgados, participam na elaboração de molhos incríveis que fizeram a glória da antiga cozinha francesa, regando magrets e confits de patos, perdiz, coelhos, entre outras caças. Os vinhos que melhor harmonizam com molhos de frutas são os feitos com a casta Malbec. Com seus aromas florais de violeta, notas intensas de geléia de frutas supermaduras e sabor forte, os vinhos de Malbec são o casamento ideal para estes pratos. Outra boa opção são os Shiraz australianos sem muita ação de carvalho e os espanhóis jovens da Ribera Del Duero, elaborados com a uva Tinto Fino ou Tinto del País, sem passagem em madeira. Seja sob a perspectiva mística, fisiológica ou psicológica, a cozinha afrodisíaca e os vinhos somente atuam sobre a sensualidade quando há uma complementaridade sexual e uma convivência harmônica entre duas pessoas. Afinal de contas, a relação afetiva entre um homem e uma mulher não se apóia, unicamente, na existência do amor e da sexualidade, mas, principalmente, na existência permanente da paixão e da ternura.


Fonte : Tribuna do Norte




Nenhum comentário:




Em Fevereiro de 2011 este site passou por uma reconstrução. Por este motivo muitos posts têm links internos quebrados. Eles serão consertados aos poucos.



Parceiros

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...